Até logo, Paulinho

Após brilhar na Copa das Confederações, volante acerta sua saída do Corinthians para o Tottenham (ING)

Por: Marcus Vinicius Pereira

Chegou ao fim a passagem de Paulinho pelo Corinthians. O volante da seleção brasileira foi contratado pelo Tottenham, da Inglaterra – ainda durante a disputa da Copa das Confederações -, e confirmou sua transferência na última segunda, em entrevista coletiva concedida no CT do Corinthians.

“É difícil de falar num momento como esse, mas tenho certeza de que foram três anos maravilhosos na minha carreira, de conquistas, de trabalhar com pessoas corretas, coerentes, que sempre me ajudaram. O que eu tenho para falar do Corinthians, da torcida, da diretoria, da comissão é ‘até logo’. Daqui a pouco eu volto, por tudo o que fizeram por mim”, declarou o jogador, visivelmente emocionado.

Paulinho comemora o título da Copa das Confederações com uma bandeira do Corinthians (Foto: Reprodução/Instagram)

Contratado pelo Corinthians em 2010, depois de impressionar o técnico Mano Menezes quando atuava pelo Bragantino, o volante amargou a reserva até o fim daquele ano. Com a venda de Elias, Paulinho assumiu a titularidade e rapidamente se tornou uma das figuras centrais da série de conquistas mais importante da história do clube alvinegro, o Campeonato Brasileiro em 2011, a inédita Libertadores e o bicampeonato mundial em 2012, fechando com o título Paulista de 2013.

Paulinho é o terceiro volante que mais marcou gols pelo Corinthians em todos os tempos – foram 34. Seu estilo ofensivo aliado à qualidade na marcação fizeram com que o jogador fosse convocado pela seleção frequentemente a partir de 2012. Em apenas um ano, o atleta já anotou cinco gols e está a um de se tornar o maior volante artilheiro da história da seleção brasileira, se igualando a Alemão, César Sampaio, Dunga, Émerson e Falcão, de acordo com levantamento do jornalista Paulo Vinícius Coelho.

A saída de Paulinho vem sendo cogitada desde 2011 e parecia questão de tempo. Após ofertas milionárias de diversos clubes europeus, o jogador entendeu que este era o momento certo para dar novos rumos a sua carreira. O Tottenham é o terceiro clube em que o volante atua na Europa, após passagens pela Lituânia e Polônia marcadas pelo racismo sofrido pelo brasileiro, ainda no seu início como profissional.

A conquista do coração da Fiel não foi só pelo seu desempenho dentro de campo. O jogador invariavelmente comemorava seus gols e títulos se dirigindo aos torcedores, subindo no alambrado e sendo abraçado. E foi dessa maneira que vibrou em seu momento mais marcante com a camisa do Corinthians, fazendo o gol contra o Vasco que classificou o Timão para as semifinais, encaminhando para tão sonhada conquista da América. Claro que ainda é cedo para ter a dimensão do que Paulinho significa para o clube alvinegro. Certo é que nenhum corintiano esquecerá o que ele fez no dia 23 de maio de 2012, aos 42 minutos do segundo tempo.

Advertisements
This entry was posted in Brasileirão 2013, Copa das Confederações 2013, Corinthians, Seleção Brasileira and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s