Brasil 2 x 1 Uruguai – A seleção de Felipão, contestada, chega à final, mesmo com má atuação

Preso na marcação uruguaia, Brasil marcou o gol da vitória aos 41 minutos do segundo tempo, com Paulinho; Uruguai ainda perdeu um pênalti

Por: Diego Salgado

Eram passados 86 minutos de jogo quando o volante Paulinho subiu por trás da zaga uruguaia e cabeceou para balançar a rede do Mineirão. O gol, sofrido, recolocou o Brasil à frente do Uruguai no placar e garantiu a vaga na final da Copa das Confederações. Após terminar a fase de classificação com nove pontos e bater os rivais sul-americanos, a seleção de Luiz Felipe Scolari, desacreditada e contestada, alcançou o primeiro grande objetivo. Mas será preciso jogar mais para erguer a taça no próximo domingo.

Mesmo sem brilhar como nos jogos anteriores e com muita dificuldade em sair da marcação adversária, a seleção brasileira venceu os uruguaios por 2 a 1. Antes do gol salvador de Paulinho, Fred abriu o placar ainda na primeira etapa. Cavani, no começo do segundo tempo, empatou. O Uruguai ainda perdeu um pênalti quando o confronto estava 0 a 0: Júlio César fez grande defesa na cobrança de Forlán.

Image

Fred e Paulinho colocaram o Brasil na final da Copa das Confederações (Crédito: Rafael Ribeiro/CBF)

A classificação brasileira à final não veio com facilidade, como já era esperado. O técnico uruguaio Óscar Tabárez colocou em campo um time ofensivo, com três atacantes — Forlán, Suárez e Cavani. Ainda assim, reforçou a marcação com o recuo dos pontas. Cavani, por exemplo, ajudou a marcar Neymar pelo lado direito da defesa. O Brasil, por sua vez, teve dificuldade na transição meio-ataque. Oscar, o meia por dentro do time, esteve mal novamente.

Com mais posse de bola (64% contra 36%), a seleção brasileira pouco assustou no começo do primeiro tempo, limitando-se a tocar a bola no meio-campo. Atrás, a zaga falhou muito. Em um desses lances, aos 14 minutos, David Luiz puxou Lugano pela camisa e o árbitro chileno Enrique Osses marcou pênalti. Na cobrança, Forlán cobrou rasteiro no canto direito e Júlio César espalmou para escanteio, para delírio de boa parte dos 57.483 torcedores presentes ao Mineirão.

Recuperado do susto, o Brasil melhorou na partida. Atuando mais pelo lado direito e com Hulk apagado, o time, contudo, não conseguia chegar à meta de Muslera. Com dificuldade em penetrar na zaga uruguaia, o gol saiu após um belo lançamento de Paulinho, aos 40 minutos. Neymar matou no peito, passou pelos zagueiros e chutou para a boa defesa de Muslera. No rebote, Fred abriu o placar e marcou o seu terceiro gol na Copa da Confederações.

No início do segundo tempo, Cavani empatou após erro grotesco da zaga brasileira. Thiago Silva tentou sair jogando, mas entregou a bola nos pés do atacante uruguaio, que concluiu friamente no canto direito de Júlio César. O gol calou o Mineirão e a bola passou a queimar nos pés dos jogadores brasileiros. Felipão, então, colocou Bernard e Hernanes no lugar de Hulk e Oscar, respectivamente.

Mas foi o Uruguai que assustou novamente. Por duas vezes. Aos 20, Forlán cobrou falta pela direita e Thiago Silva quase fez contra. A bola passou rente ao travessão. Depois, aos 33, Cavani, o melhor jogador da partida, quase virou ao bater mascado da entrada da área.

Levado pelos gritos da torcida, o Brasil conseguiu chegar à vitória. Aos 41, Neymar cobrou escanteio pelo lado esquerdo e Paulinho, por trás da zaga, marcou o gol da vitória. O volante contou com a falha de Muslera, que não conseguiu cortar o cruzamento.

O adversário brasileiro do próximo domingo, no Maracanã, será conhecido nesta quinta-feira (27). Espanha e Itália se enfrentam no Castelão, em Fortaleza, na reedição da final da Eurocopa 2012. Balotelli, artilheiro italiano na Copa das Confederações, com três gols, está fora da partida. O perdedor do duelo enfrenta o Uruguai na Fonte Nova, em Salvador, também no domingo, às 13h.

Advertisements
This entry was posted in Copa das Confederações 2013, Uncategorized and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s