México 1 x 2 Itália – Pirlo e Balotelli comandam vitória italiana sobre o México

Meia e centroavante brilham na estreia e colocam a Itália, ao lado do Brasil, como os favoritos do Grupo A da Copa das Confederações

Por: Marcus Vinicius Pereira

Assim como havia ocorrido ontem em Brasília, os arredores do Maracanã foram tomados por manifestantes que pedem a redução das tarifas de transporte na cidade do Rio de Janeiro, além de serem contrários aos gastos públicos realizados pelo Brasil para sediar os grandes eventos. Também como vem acontecendo nos últimos dias em todo o país, houve repressão por parte da polícia e o conflito permaneceu enquanto o jogo transcorria.

No novo estádio do Maracanã, que estreou para jogos oficiais, os mais de 71 mil torcedores, a maioria apoiando o México, viram uma partida disputada com muita intensidade principalmente nos vinte primeiros minutos. A Azurra (que jogou de branco), melhor organizada taticamente e com uma forte marcação, tomava a iniciativa do jogo e conseguiu chegar muitas vezes ao ataque, com seus jogadores ofensivos se infiltrando entre os defensores mexicanos. A equipe mexicana, por sua vez, chegava pouco à frente, errando passes quando tentava o contra ataque.

Pirlo durante jogo contra México (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

Pirlo durante jogo contra México (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

A Itália fez valer sua superioridade na partida aos 27 minutos, numa linda cobrança de Andrea Pirlo, que completou sua centésima partida com a seleção italiana. O meia bateu colocado no ângulo do canto direito do gol  mexicano. O goleiro Corona não alcançou a bola. 1 a 0 para a Itália.

Mas a vantagem no placar não durou muito porque, em trapalhada do zagueiro Barzagli, Giovani dos Santos roubou a bola e sofreu pênalti do defensor italiano. Chicharito Hernández empatou para o México, cobrando a penalidade chutando rasteiro no canto esquerdo do goleiro Buffon, que pulou para o outro lado.

Hernandez fez o gol mexicano na partida (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

Hernandez fez o gol mexicano na partida (Foto: Tânia Rêgo/ABr)

O ritmo de jogo caiu na volta do intervalo, com as equipes pouco incomodando os goleiros. Ainda assim, a Itália continuo controlando a partida e desempatou aos 33 minutos, quando Giaccherini tocou pelo alto no meio da grande área e encontrou Balotelli. O centroavante virou o corpo em cima do zagueiro mexicano Maza Rodríguez e chutou a bola, que passou por baixo do goleiro e foi parar nas redes, fechando o placar do jogo. Balotelli, sempre polêmico, foi advertido com um cartão amarelo por tirar a camisa na comemoração.

A vitória italiana coloca os europeus na liderança com o Brasil, que tem vantagem no saldo de gols. Mas, mais do que isso, mostrou uma seleção sólida que, ao contrário de sua tradição, tem um estilo ofensivo. O México, por sua vez, já vem apresentando dificuldades nas eliminatórias da Concacaf e dá sinais de que, se não conseguir se organizar melhor em campo, será eliminado logo na primeira fase da Copa das Confederações.

Maracanã recebeu bom público para México x Itália (Foto: Diego Salgado)

Maracanã recebeu bom público para México x Itália (Foto: Diego Salgado)

Advertisements
This entry was posted in Copa das Confederações 2013 and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s